Brush Lettering não é Lettering!

Posted on 4 min lidos 65 visualizações

Arte digital com a frase Brush lettering não é lettering escrita em caligrafia moderna

De fato o termo se popularizou nos últimos anos, mas uma coisa é preciso deixar claro, Brush Lettering não é Lettering.

Isso memo que você leu, Brush Lettering não é Lettering e a popularização do Hand Lettering nos levou a algumas confusões quanto aos termos e técnicas que temos visto por aí. Mas afinal, o que vem a ser o tal Brush Lettering?

Talvez essa postagem venha pra contrariar tudo que talvez você sabe, ou acha que sabe sobre Lettering.

Sabe todos aqueles treinos que você faz para melhorar a escrita quando sobe fino e desce grosso usando uma brush pen ou material similares? 

Pois é, tudo aquilo é para garantir que você crie uma certa consistência enquanto treina a sua memória muscular, e são, em sua maioria, exercícios de Caligrafia, até mesmo quando você faz isso no iPad.

Então sim, se você usa brush pen para fazer suas artes existe uma grande probabilidade de você estar fazendo Caligrafia, e não, Lettering. A menos, é claro, que você as use para colorir ou de fato desenhar as letras com esse tipo de caneta.

Tá confusa(o)? Pois é, no início eu também fiquei, também procurava por vídeos no YouTube e referências no Pinterest e Instagram que falassem sobre Brush Lettering, até o dia em que eu caí nesse post aqui e comecei a questionar tudo que eu já tinha aprendido até ali.

Nele a  Joy Kelley falava sobre a diferença entre lettering e caligrafia, mas entrava em outras abordagens históricas e técnicas. Foi naquele momento que eu percebi que não queria mais só praticar, começava a surgir um interesse mais profundo sobre cada uma daquelas artes e minhas pesquisas sobre conteúdos técnicos e teóricos se equiparavam às buscas por worksheets para treinar nos meus momentos de lazer.

Eu já fiz um post aqui no blog esclarecendo a diferença entre Lettering, Caligrafia e Tipografia, mas se você tá chegando por aqui agora, eu vou tentar contextualizar.

Hand Lettering

É a arte de ilustrar as palavras, desenhar cada uma de suas letras e até recriá-las para atingir seu objetivo, comunicar uma ideia, transmitir uma mensagem. Ou seja, Lettering é o desenho da letras, palavras e até frases inteiras. 

O Lettering é mais democrático, te permite tomar decisões para que o seu trabalho final atinja suas expectativas mais fielmente. Você rascunha, apaga, corrigi e faz inúmeros ajustes até ficar satisfeito com as formas e conexões, por exemplo.

Grave isso!

Caligrafia

É a arte da bela escrita, e um calígrafo treina seus movimentos para atingir um objetivo por meio da interação de uma ferramenta específica com o papel, muitas vezes baseados em modelos pré estabelecidos ou até mesmo a mão livre. Aqui, você vai treinar incansavelmente os seus movimentos para que ao escrever uma palavra o resultado seja o melhor possível, não necessitando retoques ou ajustes.

Nesse caso, as letras são resultados da interação desses movimentos e ocorrem por meio de ferramentas específicas independentemente do estilo. 

Como diz a musa mor Martina Flor, em seu livro Os Segredos de Ouro do Lettering, a Caligrafia é a mãe de todas as letras.

Então, você não só pode como deve, se inspirar nos diversos estilos de escrita caligráfica para criar seus Lettering, mas uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa.

Mas então, que car*ho é Brush Lettering?

Ainda segundo a Joy, o termo Brush Lettering surge nos anos 50 e 60 quando o SIGN PAINT virou uma profissão nos EUA e ela justifica dizendo que o termo foi usado corretamente, porque, como o nome indica, eles estariam usando pincéis e tinta reais, para desenhar as Letras. Com movimentos cuidadosos, eles recriam seus esboços desenhados à mão em paredes, janelas, placas ou qualquer superfície onde sua arte é necessária.

Eu não costumo falar apenas de um ou de outro, como praticante das duas acredito que um bom artista de Lettering vai sempre buscar referências e ser ainda mais completo tendo a caligrafia como base para trabalhos mais ricos.

Depois desses muitos anos praticando e estudando tanto Caligrafia Moderna quanto Hand Lettering, entendi que atualmente também se trata de um termo guarda-chuva para trabalhos artísticos que procuram comunicar uma mensagem usando técnicas de caligrafia (geralmente moderna), podendo ou não vir acompanhadas de outras técnicas como hand lettering e/ou outros tipos de ilustrações.

Dessa forma, o termo Brush Calligraphy seria melhor aplicado ao que estamos acostumados a ver por aí. O termo Lettering pode ser mais atrativo, hypado ou estar na moda, mas é bom entender que você até pode fazer um trabalho bem foda, mas não necessariamente o que você faz é Lettering, principalmente se na grande maioria deles você usa uma brush pen.

 

Se você chegou até aqui, entendeu a diferença e, principalmente, descobriu que a sua arte tem como base a Caligrafia, considere deixar de lado o preconceito que talvez você tenha por conta dos tempos de escola e se referir da forma correta ao que você escolheu fazer como uma maneira não só de propagá-lo, mas também de  fortalecer essa arte tão incrível.

Certamente algumas pessoas discordam, usam o termo pela popularidade e está tudo bem, mas eu considero extremamente importante que ao menos você saiba diferenciar e faça isso por opção e não por falta de conhecimento!

Me conta aqui em baixo se você já sabia ou se nunca tinha pensado nisso!

Eu quero saber se você também costuma chamar caligrafia de brush lettering e se a partir de agora isso vai mudar. 

Um xêro,
signature

O que você achou?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar

Fique por dentro de tudo o que acontece e ainda receba conteúdos exclusivos!

Previous
Caligrafia Moderna com Brush Pen: por onde começar.
Brush Lettering não é Lettering!